Doing business in Latin America: diferenciações mercadológicas, interpessoais e legislativas

O mundo dos negócios está em expansão na América Latina. Isso porque o continente oferece boas oportunidades de crescimento para empresas de diversos segmentos que desejam se internacionalizar. Nos últimos anos, os países da região investiram em medidas e em reformas que tem como objetivo não somente aumentar a confiança do empresário, mas também suas chances de crescimento e de desenvolvimento.

Se você deseja expandir seus negócios e almeja começar pela América Latina, saiba que essa é uma boa decisão. Isso porque o continente apresenta inúmeras vantagens, além de boas perspectivas de crescimento para corporações de diversas áreas.

Nesse artigo, com o auxílio da IPDES, você irá conhecer um pouco mais sobre as possibilidades de negócios na América Latina. O texto irá mostrar as principais vantagens de internacionalizar seu negócio no continente e as principais características mercadológicas, interpessoais e legislativas desse vasto território. Continue a leitura!

Oportunidades da America Latina

O investimento estrangeiro na região teve queda últimos anos, e agora isto deve mudar nos próximos anos e será um tema importante no debate do desenvolvimento.

A LAC apresenta hoje um dos maiores índices de urbanização mundiais, acima de 80%, o que tem de efeito positivo é que isto requer soluções importantes para a população urbana por um lado no atendimento de sua infraestrutura e outro para a educação, o que se torna um desafio muito relevante e traz muitas implicações em termos de empregos, de segurança, de serviços públicos, investimentos em cidades etc.

Grande oportunidade, pois há um crescente atraso nas agendas de inovação, ciência e tecnologia o que cria um aumento para investimentos, nestas áreas quando comparada com outros países emergentes.

Os maiores países da região que são Brasil, México e Argentina e que tem uma participação de 64% no PIB da região, e que também participação similar na população total, esses países devem, ser as locomotivas da Região, e devem ser locomotivas da economia na região, e ainda ser o protagonismo do processo de integração e comercio da região.

Outro tema importante olhando o futuro são os acordos de cadeias de valor regional. Na Ásia observamos como o “Great – Reset” terá impactos importantes naquela região e também o novo acordo de investimentos da China e União Europeia devem afetar de forma importante os programas de recuperação Pós Covid.

A desigualdade pós pandemia aumentará haverá aumento de pobreza, de desigualdade extrema, a fome na região trará impactos políticos e sociais relevantes que não podemos desconsiderar.  Em 2021 teremos eleições nos países, Peru, Equador e Chile, processos eleitorais importantes que podem mudar o panorama político na região nos próximos anos.

Já a eventual recuperação dos preços de commodities poderão afetar positivamente a região e também atrasar reformas econômicas desta.

Os pontos de crescimento na América Latina

A ciências, tecnologia e inovações tem condições de afetar e alavancar a capacidade da região de desenvolver bens e serviço de mais alto valor agregado, e contribuindo para a Região poder participar nas cadeias globais de valor, atrair investimentos e gerar empregos.

Área da agricultura, minério, novas energias, biodiversidade, gestão de águas e bosques, saúde, Amazônia, e outros Biomas, são áreas que já temos vantagens comparativas identificadas.

Só há um único caminho que seria a industrialização destas vantagens comparativas, ou seja, desenvolvimento, conhecimento, tecnológica e inovação que permitam agregar valor a estes setores.

America Latina tem oportunidades de inovação e desenvolvimento tecnológico para gestão de negócios na economia digital e compartilha as funcionalidades digitais e suas aplicações em problemas novos e antigos; incluindo temas envolvidos fragilidades dos países em desenvolvimento.

Falamos de temas como saúde, educação pública, transporte público em cidades, habitações e outros temas chaves.

America Latina é o pomar da China, a China para garantir seus alimentos, necessita de energia, matérias primas e outros, e assim tem necessidades que criam oportunidade para a Região.

Oportunidades de negócios para a Região, começaria na agenda com os Low Hanging Fruit, o fato da produtividade de região ser baixa também cria grandes oportunidades, há muita ineficiência em muitos setores da região e muitas desta agendas podemos resolver com ajuste regulatórios e com algum investimentos em CAPEX.

America Latina e Caribe tem um mercado interno considerável, se olharmos o mercado como um todo.

Mercado de Mudanças Climáticas tem um potencial muito grande, que cria mercados, negócios e oportunidades.

Temos a necessidade do plano estratégico desenvolver planos de investimentos, identificação de risco, identificação de mercados, identificação de fontes de financiamentos. Entender os

No tema de conectividade, estamos falando de economias de fluxo não mais de econômicas de estoques, no século 21 estamos em uma globalização de intangíveis, não mais de somente bens tangíveis.

A Conectividade é o tema crítico para crianças, jovens, universidades, governos e para as empresas, e todo sociedade de mais de 600 milhões pessoas.

Destaque para o Chile

Segundo os resultados obtidos em 2018, o Chile foi indicado como o melhor país do território para abrir uma empresa.

Conheça os 14 pontos elencados pelo The Global Entrepreneurship Index (GEI)

  • Percepção de oportunidade;
  • Habilidades de inicialização;
  • Aceitação de risco;
  • Networking;
  • Suporte cultural;
  • Oportunidade versus necessidade;
  • Absorção de tecnologia;
  • Capital humano;
  • Nível de concorrência;
  • Inovação do produto;
  • Inovação de processos;
  • Alto crescimento;
  • Internacionalização;
  • Capital de risco.

Características interpessoais da América Latina

Ingo Plöger, líder empresarial brasileiro, aponta que um estudo da Cepal, realizado e finalizado durante a pandemia, aponta que o contexto latino-americano atual está marcado por inúmeros desafios. Nesse sentido, o profissional aborda a premissa +PPP, que se refere à More People, Planet and Pluralism.

O conceito, que, em tradução para o português, significa Mais Pessoas, Planeta e Pluralismo, traz, na opinião de Plöger, oportunidades gigantescas para tornar o mundo um lugar com menores diferenças sociais, com melhores práticas relacionadas à natureza e com um novo limite de tolerância para ideias divergentes.

E esse cenário é favorecido pelas características interpessoais da América Latina, que reúne uma população com passado colonial comum, mas com histórias e com fatores abrangentes e bastante plurais.

 

A legislação no continente latino-americano

De acordo com especialistas, um dos principais gargalos do cenário empresarial da América Latina está relacionado ao pagamento de impostos, o que se refere à legislação do continente. É estimado que, atualmente, os empresários gastem cerca de 350 horas para preparar e para realizar o pagamento de impostos.

Esse cenário não é favorável para empreendedores de pequenas, médias e grandes empresas, já que esse tempo poderia ser investido em ações que devem ter como foco o crescimento do negócio. Nesse sentido, é importante destacar a legislação empresarial do Peru e do Paraguai

Os países figuram como principais na América Latina e se coloca como um dos mais simples quando o assunto é o pagamento de impostos, especialmente para pequenos empresários.

 

Descubra como a IPDES pode te auxiliar na internacionalização

Você já conhece a IPDES? Sediada no Brasil, a IP Desenvolvimento Empresarial e Institucional pode ser definida como uma consultoria, como um think tank de concepções, que tem como objetivo o desenvolvimento de negócios e de estratégias para empresas e instituições de todos os segmentos da economia.

Com foco no conceito de global advisory, a consultoria acompanha a internacionalização de empresas, com foco nas relações com a União Europeia e nos Estados Unidos. Desse modo, desenvolve e monitora projetos de parcerias, com o objetivo de buscar e de encontrar oportunidades em novos negócios, em joint ventures e em investimentos. Cases de sucesso de empresas como, ENDRESS+HAUS, CONTINENTAL, AURUBIS, CELESIO, FRESENIUS e BALL que investiram em países da America Latina.

A força de atuação da IPDES é ser parceiro na transformação criativa e crítica para o sucesso de suas estratégias e, por isso, você pode contar com nossa expertise para internacionalizar seus negócios.

Veja mais em nosso site www.ipdes.com.br

sucessão empresarial, ipdes, inglo ploger

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique atento as nossas novidades!

© Todos os direitos reservados - IPDES | by Next4.